O parto no hospital pode ser humanizado.

O parto em casa pode ser humanizado.

Até uma cesariana pode ser humanizada,
quando bem indicada.

A Humanização está na mulher
como dona do seu parto.

O Parto é da Mulher!


O PARTO HUMANIZADO
é um direito de TODAS as mulheres.


É o parto em que a mulher e o bebê são tratados com respeito e as intervenções médicas só ocorrem se necessário ou desejado pela gestante.

 É direito seu:

Mapa da Violência Obstétrica no Brasil

Denuncie!

https://violenciaobstetrica.crowdmap.com

.

Porque você provavelmente vai acabar numa cesariana

Querida Amiga,

saber da sua gravidez só me trouxe alegrias. Na verdade muitas alegrias e uma preocupação. Um dia o bebê vai nascer e eu temo pela qualidade desse nascimento, em tudo o que não depende de você e de sua vontade. Por isso eu queria aqui te contar porque é que você dificilmente escapará de uma cesariana, ainda que deseje ardentemente um parto natural/normal.

Bola de cristal? Imagina, você que pensa! Curso básico de estatística, terceiro ano colegial, lembra?

Primeiro vamos aos fatos.

Você sabe o que uma doula faz?

O que significa "doula"

A palavra "doula" vem do grego "mulher que serve". Nos dias de hoje, aplica-se às mulheres que dão suporte físico e emocional a outras mulheres antes, durante e após o parto.

Antigamente a parturiente era acompanhada durante todo o parto por mulheres mais experientes, suas mães, as irmãs mais velhas, vizinhas, geralmente mulheres que já tinham filhos e já haviam passado por aquilo. Depois do parto, durante as primeiras semanas de vida do bebê, estavam sempre na casa da mulher parida, cuidando dos afazeres domésticos, cozinhando, ajudando a cuidar das outras crianças.

Como eu descobri tanta coisa ou o que toda mulher deveria saber sobre parto

Querida gestante,     

juntamos aqui algumas informações que consideramos importantes sobre o parto e que só encontramos depois de muita pesquisa. Como nada disso é óbvio ou intuitivo, gostaríamos de repassá-las ao maior número possível de pessoas, para que cada vez mais mulheres possam ter no parto um momento lindo, mágico, encantador, ao contrário do show de horrores que normalmente se imagina quando se pensa a respeito.

Interessada? Se sim, continue lendo.

Violência Obstétrica - A voz das brasileiras


Carta ao Pai - não o do Kafka... ;)


O texto a seguir foi escrito por uma filha, então grávida de 37 semanas, e enviado por e-mail a um pai preocupado com a opção dela pelo parto domiciliar.
Logo abaixo, a resposta do pai, após ler e elaborar as informações recebidas.

 “Pai,

sei muito bem da sua preocupação em relação às minhas escolhas sobre o parto que se aproxima e gostaria muito que você as compreendesse, ainda que não concorde totalmente. Mesmo sendo um momento em que eu gostaria de estar em paz e que, a essa altura do campeonato, já não esteja muito disposta a entrar em grandes embates sobre um assunto que pra mim já está mais do que amadurecido e consolidado.